O UNFPA iniciou sua assistência a São Tomé e Príncipe em 1985. O apoio prestado ao país expandiu significativamente os serviços de saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planeamento familiar, a saúde materna e o VIH, o que contribuiu para a melhoria dos  indicadores relacionados com as crianças, jovens e mulheres, bem como a redução disparidades de gênero nas áreas legislativas e políticas nacionais e o aumento da capacidade de atendimento e prevenção de violência doméstica e de gênero.

O UNFPA atualmente apoia o país através do 7º ciclo de programa de assistencia ao país (2017-2021), com metas para aumentar a disponibilidade e uso de serviços integrados de saúde sexual e reprodutiva, com foco no planeamento familiar, saúde materna e HIV, sensiveis ao genro e respondam os padrões dos direitos para assegurar a qualidade dos cuidados e a equidade no acesso.

O programa de assistencia em curso visa igualmente fortalecer as políticas nacionais e as agendas de desenvolvimento internacional através da integração da análise baseada em evidências sobre a dinâmica populacional e seus vínculos com o desenvolvimento sustentável, a saúde sexual e reprodutiva e os direitos reprodutivos, bem como a igualdade de gênero.

Equipe do UNFPA São Tomé e Príncipe.